Diva do soul e do R&B, Aretha Franklin morre aos 76 anos

A cantora de soul e R&b Aretha Franklin faleceu nessa quinta-feira (16), aos 76 anos, vítima de uma longa batalha contra o câncer pancreático. A informação foi confirmada por seu empresário à Associated Press (AP).

Aretha Louise Franklin nasceu em Memphis, no estado americano do Tennessee, em 25 de março de 1942. Gravou seus primeiros discos aos 14 anos na igreja de seu pai, Clarence LaVaughn Franklin, um pastor batista.

E justamente por essa referência do gospel e também do início do jazz americano, Franklin desenhou sua carreira com sua voz forte, aguda e intensa. Ficou famosa pelas músicas “Respect” e “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman)”, entre outras, que durante as décadas de 60 e 80, venceu 18 prêmios Grammy.

A família da rainha do soul comunicou oficialmente, em nota, o falecimento de Aretha: “Em um dos piores momentos das nossas vidas, não conseguimos encontrar as palavras certas para expressar a dor em nosso coração. Perdemos nossa matriarca e a sustentação da nossa família. O amor que ela tinha por seus filhos, netos, sobrinhos e primos não tinha limites”. Estamos emocionados com todo o amor e apoio que recebemos de amigos e fãs. Obrigado pela compaixão e orações. Sentimos o amor de vocês por Aretha e ele nos trouxe conforto para entender que o legado dela vai permanecer. Em nosso luto, pedimos respeito e privacidade nessa hora difícil”.

Diagnosticada com câncer em 2010, ela se apresentou em novembro de 2017 em um evento da Fundação Elton John contra a Aids em Nova York. Seu último show solo aconteceu na Filadélfia, em agosto de 2017. Ela deixou quatro filhos.