Armie Hammer fala sobre a sequência de “Me Chame Pelo Seu Nome”

Me Chame Pelo Seu Nome”, do cineasta Luca Guadagnino, permanece sendo assunto pra quem cobre cinema. O filme que conquistou três indicações ao Oscar e ganhou o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado, ainda percorre estreando em alguns lugares do mundo, e o diretor tem sido firme sobre querer uma sequência. Enquanto isso Armie Hammer está causando um pouco de controvérsia em Pequim, o ator foi recentemente perguntado sobre uma possível sequência.

“Definitivamente não é nenhum segredo que uma continuação de “Me Chame Pelo Seu Nome” está em andamento, mas ninguém sabe quando a produção pode acontecer. Serão alguns anos, intencionalmente, como o filme de Linklater”, disse Hammer em entrevista ao Collider fazendo referência a “Boyhood“. O Filme é famoso por levar 12 anos para se filmado, enquanto o ator principal (Ellar Coltrane) envelheceu e foi capaz de interpretar o mesmo personagem em vários períodos de sua vida.

Quando perguntado se Hammer sabia ou não sobre uma possível sequência durante as filmagens do primeiro filme, o ator disse: “Não. Eu sabia que, no livro, a história continua por mais alguns anos, diferente do que fizemos, mas quando assinei o contrato, não existia a hipótese de fazer outro”.

Dito isso, a seguinte pergunta foi feita: “Então, sem contratos, sem roteiro, sem estúdio, e nada além das esperanças de Guadagnino, você acredita que a sequência poderia realmente acontecer?”

Hammer respondeu: “Sim, pode muito bem acontecer.”

Se uma sequência acontecer, de uma coisa sabemos, o filme provavelmente não será exibido em Pequim. De acordo com um relatório recente, “Me Chame Pelo Seu Nome” foi retirado do Festival de Pequim por organizadores do evento. A ordem vem de autoridades chinesas por conta da supervisão que ocorre dentro do país. O filme está sendo alvo por tratar da homossexualidade, que é reprovada por grande parte da sociedade chinesa e do governo.

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.