As curiosidades do Oscar 2018

Como sabemos a Academia das Artes e Ciências Cinematográficas divulgou ontem (23) os indicados ao Oscar 2018. E por trás de todas as indicações referentes a premiação, existem curiosidades que vagueiam pelos nomeados. Que tal conferir algumas?

O mais comum é buscar quem levou o titulo de mais indicado da edição. O bola da vez foi “A Forma da Água”, o filme de Guillermo del Toro conseguiu 13 indicações. Seguido por “Dunkirk”, com oito e “Três Anúncios Para um Crime”, com sete.

Guillermo del Toro nos bastidores de “A Forma da Água”

Anos se passam e John Williams continua a comparecer assiduamente na lista de indicados. Com sua indicação de “Melhor Trilha Sonora” por “Star Wars: Os Últimos Jedi”, o compositor é a pessoa viva com maior número de nomeações. Ao todo são 51, ficando atrás apenas de Walt Disney, que já foi indicado 59 vezes.

O renomado compositor John Williams

Aos 89 anos a cineasta Agnès Varda é a pessoa mais velha ser indicada em qualquer categoria. Varda disputará pelo prêmio de “Melhor Documentário“. Ela é oito dias mais velha do que James Ivory, roteirista de “Me Chame Pelo Seu Nome” que também foi indicado.

Se você curte filmes de herói precisa saber que “Logan” se tornou a primeira adaptação de um filme de super-herói a ser indicada por seu roteiro. Outras adaptações de quadrinhos já haviam sido indicadas, entre elas “Anti-Herói Americano“, “Ghost World” e “Marcas da Violência“. Recordando que nenhuma dessas são histórias de super-herói.

Quebrando Tabus

Sem dúvidas a 90ª edição da premiação pode ser rotulada como um divisor de águas na história do evento. Encontramos mulheres, transgêneros e negros na lista de indicados. Dirigindo “Corra!”, Jordan Peele é o primeiro negro a ser indicado como produtor, roteirista e diretor no mesmo ano.

Strong Island” (Melhor Documentário) tornou-se o primeiro longa indicado na história da Academia a ser dirigido por um cineasta (Yance Ford) transgênero. Outro filme também indicado “Uma Mulher Fantástica”, tem como protagonista a atriz transgênero Daniela Vega.

Greta Gerwig nos bastidores de “Lady Bird”

Em 90 anos de Oscar, Greta Gerwig é a quinta mulher a ser indicada por “Melhor Direção“. Antes dela vieram Lina Wertmüller, com “Pasqualino Sete Belezas” (1977); Jane Campion, com “O Piano” (1994); Sofia Coppola, com “Encontros e Desencontros” (2004); e Kathyn Bigelow, com “Guerra ao Terror” (2009). Vale lembrar que ano passado Sofia Coppola conquistou o prêmio de melhor direção no Festival de Cannes, por dirigir “O Estranho que Nós Amamos” e mesmo assim ficou sem a nomeação pela Academia.

Brasil no Oscar!

Os atores Timothée Chalamet, Armie Hammer, Michael Stuhlbarg e o diretor Luca Guadagnino

Tratando-se de Brasil existem duas alternativas para o nosso País conquistar o prêmio. A animação “O Touro Ferdinando” dirigido por Carlos Saldanha e “Me Chame Pelo o Seu Nome”. Sim, o filme dirigido por Luca Guadagnino é produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, e caso o filme saia como vitorioso, Rodrigo será um dos encarregados de buscar a estatueta no palco.

Essas foram algumas curiosidades que conseguimos reunir. Sabe de mais alguma? Compartilhe com a gente nos deixando um comentário!

A 90ª edição da premiação acontece no dia 4 de março de 2018 e Jimmy Kimmel será o apresentador. É a segunda vez seguida em que o comediante comandará a cerimônia.

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.