Bratislava lida com seus próprios demônios e medos no clipe “Fogo”

A banda paulistana Bratislava divulgou nesta segunda-feira, 12, o videoclipe para “Fogo”. A canção integra o álbum (de mesmo nome) lançado pelo grupo, em 2017. Dirigido por Beto Whyte, o vídeo é um registro intenso sobre as necessidades de se enfrentar seus medos internos e seus próprios problemas.

Essa música surgiu de um redemoinho de questionamentos, de conversas nossas aqui na banda sobre direitos humanos, grupos minorizados, lugar de fala. A letra foi se desenvolvendo tomando forma como uma espécie de auto-análise, onde colocamos na mesa questões complicadas, sem resposta. O ‘falar com o fogo’ da letra é uma espécie de ‘colocar o dedo na ferida’, é lidar com assuntos doloridos, pesados, cutucar tabus, falar sobre o que se evita. A gente questiona a validade do nosso discurso, das nossas canções e letras enquanto homens, enquanto héteros, no meio de tantas outras vozes e lutas sociais tão mais relevantes”, reflete Victor Meira, vocalista e compositor.

Formada em 2010, a Bratislava traz em seu currículo cinco trabalhos lançados – os EPs “Longe do Sono” e “Aprender a morrer” e os discos “Carne”, “Um Pouco Mais de Silêncio” e “Fogo”.


Flávia Denise

Jornalista & Music nerd. ;)