Cannes 2019: Tudo (ou quase) que foi exibido na primeira semana do festival

Celebridades, tapetes vermelhos, manifestos e muitos filmes. Todo ano, o mundo se volta para acompanhar o que está acontecendo no Festival de Cannes. Na edição de número 72, uma das mostras mais importantes do cinema revelou em sua primeira semana materiais inéditos de longas aguardados pelo grande público e pela crítica especializada. O brasileiro “Bacurau“, por exemplo, dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, chamou atenção da mídia e ganhou destaque em jornais como o britânico The Guardian, que elogiou a coragem dos diretores ao abandonar “os tons mais calmos e humanistas em prol de um pertubador frenesi ultraviolento“.

Pensando nisso e na sua curiosidade para saber mais sobre o que rolou até agora no festival, juntamos os melhores trailers, cenas e teasers que foram divulgados ao longo desta primeira semana do evento. Confira logo abaixo os vídeos juntamente da premissa de cada longa-metragem.


Bacurau“, Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Um cineasta decide viajar para uma aldeia no interior do Brasil para fazer um documentário. Com o passar dos dias, ele começa a descobrir que os habitantes locais não são exatamente o que parecem ser, escondendo segredos perigosos. O longa tem direção de Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho, responsável por filmes como “O Som ao Redor” e “Aquarius“.


The Wild Goose Lake (Nan Fang Che Zhan De Ju Hui)“, DIAO Yinan

Um líder de gangue em fuga buscando redenção. Uma garota em apuros arriscando tudo para ganhar sua liberdade. Ambos caçavam nas margens ocultas do Wild Goose Lake. Eles colocam uma aposta mortal para o que pode ser seu último dia. O longa chinês é mais um que tenta conquistar a Palma de Ouro desse ano.


A Hidden Life“, Terrence Malick

Vencedor da Palma de Ouro em 2011, o diretor Terrence Malick retorna à Cannes para narrar a história real de Franz Jägerstätter, um austríaco que confrontou os nazistas e se recusou a lutar na II Guerra Mundial, logo sendo condenado a morte aos 36 anos.


The Whistlers“, Corneliu Porumboiu

Nem tudo é o que parece para Cristi, um inspetor de polícia em Bucareste que interpreta os dois lados da lei. Embarcado pela bela Gilda em um roubo de alto risco, ambos terão que lidar com as reviravoltas da traição e do engano.


Sorry We Missed You“, Ken Loach

No Reino Unido, Ricky e sua família lutam contra as dívidas desde a crise financeira de 2008. Até que por fim, uma oportunidade de recuperar alguma independência aparece com uma van nova e a chance de administrar uma franquia como motorista de entregas. Com o novo emprego informal, Ricky junta suas economias com as de sua esposa, que luta para manter sua difícil profissão como cuidadora. Apesar de todas as tentativas, a família chega a um ponto de ruptura quando ambos são puxados em direções totalmente diferentes. A trama conta com a direção de Ken Loach, de “Eu, Daniel Blake“.


Tomasso“, Abel Ferrara

Atuando junto com a esposa e a filha do diretor, Willem Dafoe faz um artista americano que vive em Roma neste drama improvisado de dúvida e desconexão, filmado em um estilo de documentário auto-reflexivo. Além disso, Dafoe também está presente em Cannes com “The Lighthouse“, de Robert Eggers, conhecido por dirigir “A Bruxa” (2015).


Portrait of a Lady On Fire“, Céline Sciamma

Na França, em 1770, Marianne vive uma pintora contratada para fazer o retrato de casamento da jovem Héloïse, que acaba de deixar o convento e se opõe totalmente ao casório. A artista, tem o árduo trabalho de pintar a mulher sem que ela saiba, a observando de dia e noite. Com o passar do tempo a trama deve desenvolver uma surpreendente proximidade entre as duas protagonistas.

Flávia Denise

Jornalista & Music nerd. ;)

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh