Confira todos os vencedores da 29° edição do Cine Ceará

Na noite de sexta-feira, 6 de setembro, o Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema deu adeus a sua 29º edição. Como nos últimos anos, a solenidade foi realizada no Cineteatro São Luiz. O filme “Greta“, dirigido por Armando Praça, foi o grande vencedor. A produção cearense ganhou o Troféu Mucuripe nas categorias de Melhor Longa-metragem, Melhor Direção e Melhor Ator para Marco Nanini.

Antes do anúncio dos vencedores, o ator Matheus Nachtergaele foi homenageado pelo festival, recebendo o Troféu Eusélio Oliveira. A entrega foi feita pelo ator Luis Fernando Guimarães.

Essa edição do Festival que ocorre na capital cearense ficou marcada por protestos políticos, onde todos os participantes usaram seu espaço para lembrar a importância da arte em uma democracia. Confira abaixo todos os vencedores!


MOSTRA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA DE LONGA-METRAGEM

TROFEU MUCURIPE

(Juri Oficial)

Melhor Longa-metragem: Greta

Melhor Direção: Armando Praça, por Greta

Melhor Roteiro: Arturo Infante, por A Viagem Extraordinária de Celeste García

Melhor Fotografia: Inti Briones, por Canção sem Nome

Melhor Montagem: Joanna Montero, por A Viagem Extraordinária de Celeste García

Melhor Som: Romain Huonnic, por Ressaca

Melhor Trilha Sonora Original: Pauchi Sasaki, por Canção sem Nome

Melhor Direção de Arte: Sérgio Silveira, por Notícias do Fim do Mundo

Melhor Atriz: María Isabel Díaz, por A Viagem Extraordinária de Celeste García

Melhor Ator: Marco Nanini, por Greta

PRÊMIOS ESPECIAIS

Prêmio da Crítica (Júri Abraccine): Canção sem Nome, de Melina León

Prêmio Olhar Universitário (Júri Olhar Universitário)

Troféu Mucuripe – Melhor Longa: Canção sem Nome, de Melina León

MOSTRA COMPETITIVA BRASILEIRA DE CURTA-METRAGEM

TROFÉU MUCURIPE

(Júri Oficial)

Melhor Curta-metragem: Marie, de Leo Tabosa

Melhor Direção: Giu Nishiyama e Pedro Nishi, por Livro e Meio

Melhor Roteiro: Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa, por O Grande Amor de um Lobo

Melhor Produção Cearense: Pop Ritual, de Mozart Freire

PRÊMIOS ESPECIAIS

Prêmio da Crítica (Juri Abraccine): Livro e Meio, de Giu Nishiyama e Pedro Nishi

Prêmio Olhar Universitário (Júri Olhar Universitário)

Troféu Mucuripe – Melhor Curta: Pop Ritual, de Mozart Freire

Prêmio Canal Brasil de Curta-Metragem

Troféu Canal Brasil: O grande amor de um lobo

Troféu Samburá

(Vida & Arte – Fundação Demócrito Rocha)

Melhor Curta-metragem: Ilhas de Calor, de Ulisses Arthur

Melhor diretor: Mirrah Iañez, por Rua Augusta 1029

Prêmio Mistika

Melhor filme da Competitiva Brasileira de Curta-metragem: Marie, de Leo Tabosa

Prêmio CTAV – Centro Técnico Audiovisual

Melhor Produção Cearense de Curta-Metragem: Pop Ritual, de Mozart Freire

Prêmio Link Digital

Melhor Produção Cearense de Curta-Metragem: Pop Ritual, de Mozart Freire

MOSTRA OLHAR DO CEARÁ

TROFÉU MUCURIPE

(Júri Olhar do Ceará)

Melhor Longa-metragem – Currais, de David Aguiar e Sabina Colares

Melhor Curta-metragem – Aqueles Dois, de Émerson Maranhão

PRÊMIOS ESPECIAIS

Prêmio Unifor de Cinema

Melhor Curta-metragem: Aqueles Dois, de Émerson Maranhão

Prêmio Mistika

Melhor Filme da Mostra Olhar do Ceará: Aqueles Dois, de Émerson Maranhão

Prêmio CTAV – Centro Técnico Audiovisual

Melhor Curta-metragem da Mostra Olhar do Ceará: Aqueles Dois, de Émerson Maranhão

MOSTRA ÁGUA FUTURO

(Júri Olhar Universitário)

Melhor Filme: “Olho D´água”, de Anália Alencar

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh