Família de Michael Jackson se declara contra o documentário “Leaving Neverland”

O Festival de Sundance, um dos maiores e mais importantes festivais de cinema independente do mundo, teve seus trabalhos iniciados na quarta-feira passada, dia 23. E é claro, toda nova edição, alguns projetos são especialmente aguardados pela audiência. Neste ano, “Leaving Neverland“, documentário sobre supostos abusos sexuais cometidos por Michael Jackson ganhou este perturbador destaque. A produção acompanha uma investigação detalhada baseada em dois relatos dado por duas vitimas do cantor.

Em uma declaração a Variety, a família de Jackson chama o filme de “linchamento público”, e diz que o documento é cheio de mentiras que foram dadas pelas supostas vítimas, Wade Robson e James Safechuck.

Com duração de quatro horas, “Leaving Neverland” teve uma boa estreia em Sundance, no qual os direitos já pertencem a HBO.

Havia duvidas se o documentário realmente seria exibido, e a sua exibição foi confirmada no festival. Obviamente que a família do cantor não iria receber bem o documentário com um tema tão polemico sobre a vida Michael e fez uma declaração oficial.


A declaração completa da família Jackson está abaixo:

“Michael Jackson é nosso irmão e filho. Estamos furiosos com o fato de a mídia, que sem uma prova ou prova física, ter escolhido acreditar na palavra de dois mentirosos admitidos sobre a palavra de centenas de famílias e amigos ao redor do mundo que passaram algum tempo com Michael, muitos em Neverland. e experimentou sua bondade lendária e generosidade global. Estamos orgulhosos do que Michael Jackson representa.

As pessoas sempre gostaram de ir atrás de Michael. Ele era um alvo fácil porque ele era único. Mas Michael foi submetido a uma investigação completa que incluiu uma invasão surpresa de Neverland e outras propriedades, bem como um julgamento com júri, no qual Michael foi considerado COMPLETAMENTE INOCENTE. Nunca houve uma prova de nada. No entanto, a mídia está ansiosa para acreditar nessas mentiras.

Mas nós não podemos apenas ficar de pé enquanto este linchamento público continua, e os twittes abutres e outros que nunca encontraram Michael vão atrás dele. Michael não está aqui para se defender, caso contrário, essas alegações não teriam sido feitas.

Os criadores deste filme não estavam interessados ​​na verdade. Eles nunca entrevistaram uma única alma solitária que conhecesse Michael, exceto os dois perjuros e suas famílias. Isso não é jornalismo, e não é justo, mas a mídia está perpetuando essas histórias.

Mas a verdade está do nosso lado. Vá fazer sua pesquisa sobre esses oportunistas. Os fatos não mentem, as pessoas fazem. Michael Jackson foi e sempre será 100% inocente dessas falsas alegações.

A família Jackson”

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh