Lollapalooza Brasil 2022 retorna com momentos marcantes, shows potentes e diversas homenagens

Lollapalooza Brasil 2022 retorna com momentos marcantes, shows potentes e diversas homenagens

No último final de semana, o Lollapalooza Brasil realizou a sua nona edição. Foram três dias de música para todos os gostos, encontros inesperados e muitas atividades espalhadas pelos 600 mil m2 do Autódromo de Interlagos. O entusiasmo do público e a vontade dos artistas em apresentar algo grandioso, somados à saudade que todos estavam da experiência que só o Lollapalooza Brasil proporciona, fizeram desta edição uma edição histórica. Ao todo, 302.235 pessoas curtiram mais de 68 horas de música nos três dias do festival. Na sexta (25), foram 100.980 pessoas. O sábado (26) contou com 103.000 pessoas e o último dia, domingo (27), teve 98.255 pessoas.

Miley Cyrus, uma das mais aguardadas, entregou tudo no palco e ainda contou com a participação surpresa de Anitta. The Strokes, Doja Cat, A$AP Rocky e Martin Garrix também brilharam. E os artistas nacionais mantiveram a energia do festival lá no alto. Emicida fez um show poderoso, as luzes e o som da apresentação de Alok contagiou a todos e Gloria Groove não poderia ter feito a estreia da turnê do seu novo disco, Vermelho, de forma mais potente. O encerramento do Lollapalooza Brasil 2022 ficou por conta da emocionante homenagem organizada para o amigo Taylor Hawkins, do Foo Fighters, um dos melhores bateristas do mundo, que faleceu na última sexta-feira. Artistas expressivos da música brasileira, como Emicida, Mano Brown, Rael, Criolo, Planet Hemp e Ego Kill Talent, fizeram parte do tributo, que contou ainda com a transmissão de trechos do show do Foo Fighters no Lollapalooza Brasil 2012.

Mesmo com imprevistos por conta das condições climáticas, o público se manteve eufórico durante toda a programação. O Lollapalooza promete retornar em 2023.

ARTIGOS RELACIONADOS