“Midsommar – O Mal Não Espera a Noite” não é recomendado para menores de 18 anos

O diretor e roteirista Ari Aster, vai mostrar à que veio no seu novo projeto: “Midsommar – O Mal Não Espera a Noite“, com estreia nacional agendada para 19 de setembro e pré-estreias pagas disponíveis a partir de sexta-feira, 13 de setembro, nas principais capitais. A exemplo da classificação recebida fora do Brasil, o Ministério da Justiça atribuiu ao longa a classificação de 18 anos, com indicativo de violência extrema, entre outros agravantes. Mais chocante e perturbador que “Hereditário” (2018), também dirigido por Ari Aster, o novo filme inova e apresenta o terror à luz do dia. No país, “Hereditário” recebeu classificação mais branda, não sendo recomendado para menores de 16 anos.

Na trama, Dani (Florence Pugh) e Christian (Jack Reynor) formam um jovem casal americano com um relacionamento prestes a desmoronar. Mas depois que uma tragédia familiar os mantém juntos, Dani, que está de luto, convida-se para se juntar a Christian e seus amigos em uma viagem para um festival de verão único em uma remota vila sueca. O que começa como férias despreocupadas de verão em uma terra de luz eterna toma um rumo sinistro quando os moradores do vilarejo convidam o grupo a participar de festividades que tornam o paraíso pastoral cada vez mais preocupante e visceralmente perturbador.

Vale lembrar que “Midsommar – O Mal Não Espera a Noite” tem estreia nacional agendada para 19 de setembro.


Assista ao trailer!

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh