Petrobras corta patrocínios de festivais de cinema, música e teatro

A Petrobras decidiu não renovar o patrocínio de 13 eventos culturais em 2019. A Mostra de Cinema de São Paulo, o Festival do Rio, o Festival de Brasília e o Anima Mundi, entre outros estão na lista da estatal.

A empresa enviou uma lista de projetos cortados como resposta a um requerimento informativo feito pelos deputados federais Áurea Carolina (PSOL-MG) e Ivan Valente (PSOL-SP). No mesmo documento, a petrolífera informa que seus programas de patrocínio estão em revisão, no qual possivelmente darão prioridade em projetos focados na ciência, tecnologia e educação.

Em Fevereiro desse ano, a Petrobras vinha fazendo uma limpa nos seus programas de patrocínios, a fim de diminuir os investimentos que fazia na área cultural. A medida foi anunciada pelo o presidente Jair Bolsonaro via twitter. “Determinei a reavaliação dos contratos. O Estado tem maiores prioridades”. afirmou o presidente.

Na semana passada, em audiência pública na Câmara dos Deputados, em Brasília, o gerente de patrocínios da Petrobras, Diego Pila, afirmou que a estatal honraria com os contratos já firmados.

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh