Sundance 2019: Diretor de “The Report” comenta que seu filme não é uma crítica à “A Hora Mais Escura”

A edição do festival de Sundance desse ano já está nos apresentando projeções que merecem ter nossa atenção. Um filme que já está ganhando destaque é “The Report“, dirigido por Scott Z. Burns, que conta com Adam DriverAnnette Bening em seu elenco. O filme, supostamente comprado pela Amazon por 14 milhões de dólares, conta a história real do funcionário do Senado, Daniel Jones, a quem é dada a tarefa de conduzir uma investigação sobre o Programa de Detenção e Interrogatório da CIA.

Em entrevista ao IndieWire, Burns comenta sobre como seu filme serve de contraponto com “A Hora Mais Escura” (2013), e o motivo que ele não condena o filme dirigido por Kathryn Bigelow, ao invés disso, oferece outro olhar sobre o mesmo tema.

“Não é uma crítica de “A Hora Mais Escura“, explicou Burns. “É uma ilustração de como a CIA usou a mídia popular para influenciar nossa percepção de seu programa. E essa foi a narrativa deles. Tenho certeza de que, se alguém tivesse me oferecido essa narrativa, teria sido muito lisonjeiro dizer: “Meu Deus, eu entendi essa história!” E, de certa forma, a CIA manipulou Hollywood e usou filmes para ajudar na história”, completou o cineasta.

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh