Angel Olsen anuncia novo disco “All Mirrors”

A cantora Angel Olsen anunciou nesta terça-feira, 30, seu quarto álbum de estúdio. Intitulado “All Mirrors“, o sucessor do elogiadíssimo “My Woman“, de 2016, deve chegar às lojas e plataformas de streaming no dia 4 de outubro. A faixa-título também foi divulgada, junto de um videoclipe dirigido por Ashley Connor.

De todas as maneiras – desde a criação até as palavras, até como me sinto seguindo em frente, esse álbum é sobre conquistar seu lado mais sombrio, encontrar a capacidade para um novo amor e confiar em mudanças mesmo quando você se sente como um estranho“, disse Olsen em um comunicado enviado à imprensa. A produção de “All Mirrors” está sob o comando de John Congeleton, conhecido por seus trabalhos com St. Vincent, David Byrne, Erykah Badu, The Roots e outros.



Capa + Tracklist

01. Lark
02. All Mirrors
03. Too Easy
04. New Love Cassette
05. Spring
06. What It Is
07. Impasse
08. Tonight
09. Summer
10. Endgame
11. Chance

Ezra Koenig e a reinvenção do Vampire Weekend em “Father of The Bride”

Em 2008, com a ascensão do indie rock e de bandas percursoras do gênero como Arctic Monkeys e The Kooks, o Vampire Weekend optou pela ramificação mais atípica desta vertente. No disco homônimo lançado pelo grupo, as faixas reproduziam com um ritmo otimista os conflitos e desajustes de uma geração extremamente peculiar. Após 6 anos sem compartilhar nenhum material novo, a banda nova iorquina retorna em nova formação, ressignificando toda a natureza de sua musicalidade.

Father of the Bride“, sucessor de “Modern Vampires of the City“, lançado pelo Vampire Weekend em 2013, é uma das provas vivas de como com simplicidade é possível criar um material extremamente pertinente a sua era e maturidade, sem de forma alguma perder sua identidade. Há, com certeza e finalmente, um contraste abissal do que o grupo era e é agora. É notável e até surpreendente que no final das contas o produto final tenha nos presentado com faixas como “My Mistake“, “How Long?“, “Harmony Hall” e tantas outras. Com a saída de Rostam Batmanglij, peça-chave para o processo de produção e composição do Vampire Weekend, foi fácil prever e compreender que haveria uma dificuldade do grupo enquanto a estes fatores. Bom, acho que prevemos errado.

A solução encontrada aqui por Ezra Koenig – além de se reformular – foi a de recrutar a presença de músicos que poderiam lhe acrescentar uma visão moderna do momento musical em que vivemos. Nomes como Danielle Haim, Ludwig Göransson, Mark Ronson, BloodPop, Ariel Rechtshaid e Steve Lacy entraram no barco. É importante ter em mente que ainda que Rostam tenha se afastado do grupo, o músico ainda colaborou na produção de algumas faixas para este disco. Essa gama de sonoridades trouxe a este projeto em especifico uma pluralidade muito lógica, com uma energia própria. É a primeira vez em que o Vampire Weekend se distancia de fato da imagem hippie e bobinha que veio construindo todos estes anos, para dar um salto maior e se firmar como uma banda mais séria.

Este amadurecimento tardio, ainda que em nenhum momento tenha sido solicitado pelos fãs e os ouvintes, é muito bem-vindo aqui. Em termos de produção e de parte lírica, tudo está mais afiado! Sem ceder aos maneirismos de uma época tão musicalmente genérica, o grupo desponta, sem preguiça, como um belo exemplo de que é possível fazer o impossível e se restabelecer em um ponto ainda mais alto. Em forma de álbum duplo, “Father of the Bride” em seus 57 e poucos minutos de duração, é uma viagem imensamente divertida à melhor fase da banda.

Bem mais planejado que seu antecessor – construído de forma caprichada com partes que se sustentam muito bem – sem a necessidade um conceito pré-desenvolvido, “FOTB” é a obra definitiva do Vampire Weekend. Com influências de Surf Music, Jazz, Hip-Hop e até Country, fica claro que nada depois disso será o mesmo. Agora funcionando como um trio, Chris Tomson (baterista), Chris Baio (baixista) e Koenig (vocalista e guitarrista) são os caras com mais atitude e originalidade no jogo. Longe da zona de conforto, o Vampire Weekend se sobressai ao seu tempo e de forma ímpar, restabelece as diretrizes do que é de fato um ótimo álbum.


Broken Bells (de Danger Mouse e James Mercer) ensaia possível retorno

Os músicos Danger Mouse e James Mercer (integrante e vocalista da banda The Shins), podem estar finalmente ensaiando o retorno de seu projeto colaborativo, Broken Bells. Isso porque Danger e James apareceram juntos em uma série de fotos no que parece ser um estúdio de gravação. As imagens foram publicadas no Twitter e no Instagram, provocando uma certa aura de mistério sobre uma possível nova produção. Porém, nada foi confirmado ainda pela assessoria da banda.

O mais recente álbum do Broken Bells, “After the Disco“, foi lançado em 2014. Já no ano seguinte eles compartilharam uma nova faixa intitulado de “It’s That Talk Again.” De lá pra cá, James Mercer lançou o novo álbum do The Shins, “Heartworms“, em 2017 e Danger Mouse, produziu no começo deste ano, o novo álbum do Parquet Courts, “Wide Awake!”.


Cloud Nothings anuncia novo álbum: “Last Building Burning”

O grupo Cloud Nothings anunciou nesta segunda-feira, 13, seu novo álbum de trabalho, “Last Building Burning“. O disco está previsto para o dia 19 de outubro via Carpark. A banda também aproveitou para compartilhar seu primeiro single, “The Echo of the World“.

Last Building Burning” será o sucessor de “Life Without Sound“, mais recente disco da banda lançado em 2017. “Estou obcecado com a ideia de energia no momento“, disse o vocalista Dylan Baldi no release divulgado à imprensa sobre a produção do novo projeto. “Foi assim que pensei nesse registro: sete curtos e longos surtos de intenso e controlado caos. Eu queria fazer isso acontecer de uma forma que realmente possa ser sentida”, completou Dylan.

A capa e tracklist do álbum também foram divulgadas. Este será o quinto registro do grupo de Cleveland, que despontou em 2011 com seu primeiro disco cheio autointitulado.


 

Capa + Tracklist

01. On An Edge
02. Leave Him Now
03. In Shame
04. Offer An End
05. The Echo Of The World
06. Dissolution
07. So Right So Clean
08. Another Way Of Life

Interpol revela nova faixa: “Number 10”

A banda Interpol compartilhou nesta segunda-feira, 30, uma nova música. “Number 10”, como o título sugere, é a 10ª faixa de seu próximo álbum, “Marauder“, com data de lançamento marcada para o dia 24 de agosto via Matador Records.

Anteriormente o grupo havia compartilhado “The Rover“, primeiro single de trabalho desta nova fase. A faixa ganhou um videoclipe dirigido por Gerardo Naranjo (das séries “Narcos” e “Fear of The Walking Dead“) e estrelado por Ebon Moss-Bachrach, ator conhecido por interpretar Desi na série da “Girls“, da HBO.


“Tranquility Base Hotel & Casino”: Alex Turner vagueia pelas ruas de Reno em novo clipe do Arctic Monkeys

A banda inglesa Arctic Monkeys retornou as atividades em maio deste ano com o seu mais recente álbum, “Tranquility Base Hotel & Casino“. Continuando com a narrativa explorada em seu primeiro vídeo de divulgação da nova fase, “Four Out Of Five“, o grupo lançou finalmente nesta segunda-feira, 23, um videoclipe para a faixa título do disco.

Dirigido por Ben Chappell e Aaron Brown, o vídeo foi filmado em Reno, no estado americano de Nevada. Durante o clipe, acompanhamos o vocalista Alex Turner vagando em um terno branco pelas ruas, casinos e hotéis da cidade, sem saber ao certo qual será o seu destino final.

O álbum “Tranquility Base Hotel & Casino” é o sexto da carreira da banda de Sheffield.


“Reduxer”: alt-J anuncia novo álbum de remixes

A banda britânica alt-J anunciou nesta quarta-feira, 18, o álbum “Reduxer”, que constará em um compilado de releituras de seu premiado terceiro álbum, “Relaxer”, lançado em 2017. As onze canções foram idealizadas por uma série de fãs, amigos e colaboradores. Dessa vez o grupo flerta com uma de suas maiores influências musicais, o mundo do hip-hop.

O projeto foi sugerido pela primeira vez no mês passado quando o rapper Pusha T e o produtor Twin Shadow se uniram ao alt-J para uma performance surpresa de “In Cold Blood” no The Late Show com Stephen Colbert, antes de lançarem rapidamente a versão de estúdio da colaboração.

Não é nenhum segredo que amamos e somos influenciados pelo hip-hop, e sempre foi um sonho nosso trabalhar com artistas de hip-hop na releitura de nossa música”, explicou a banda. “Com esse novo álbum, o sonho se tornou realidade. Nós não poderíamos estar mais felizes com os resultados. Este projeto é verdadeiramente global, apresentando rappers e produtores de todo o mundo. Depois de muito tempo no forno, estamos felizes em compartilhar com todos vocês”, afirmou a banda sobre o novo projeto.

Rappers como Goldlink, Lomepal, Kontra K, Rejjie Snow, Tuka, PJ Sin Suela e Little Simz, emprestaram seus vocais para as novas interpretações.

Uma nova versão de “Deadcrush” retrabalhada pelos produtores The Alchemist e o latino-americano Trooko – com os vocais inconfundíveis de Danny Brown – foi lançada hoje.

Reduxer” estará disponível em todas as plataformas de streaming no dia 28 de setembro.


Interpol revela novo e caótico vídeo para “The Rover”

A banda Interpol lançou nesta quarta-feira, 11, o videoclipe para “The Rover“, primeiro single do seu novo álbum de trabalho. Dirigido por Gerardo Naranjo (das séries “Narcos” e “Fear of The Walking Dead“), o vídeo é estrelado por Ebon Moss-Bachrach, conhecido por interpretar Desi na série da “Girls“, da HBO.

Em um comunicado à imprensa, o vocalista Paul Banks comentou sobre o vídeo: “Esta é a história sobre a origem do personagem descrito na canção, o nascimento de um líder de um culto. Quando o encontramos, ele está parcialmente desequilibrado. Ele é um homem à beira de um colapso, um artista sujeito a grandes pressões e envolvido com frustrações existenciais. Digamos que ele é um hipster distraído que gosta de psicodélicos“.

The Rover” integra a tracklist do próximo álbum do Interpol, “Marauder“, com lançamento marcado para o dia 24 de agosto, via Matador Records.


“Big God”: Florence + The Machine revela mais uma faixa do disco “High as Hope”

O grupo Florence + The Machine compartilhou nesta terça-feira, 19, seu mais novo single, “Big God“. A faixa inédita integra a tracklist do seu próximo álbum de trabalho, “High as Hope“, e foi produzida por Florence Welch em parceria com o produtor Emilie Haynie.

Anteriormente a banda havia revelado as faixas “Hunger” e “Sky Full of Song”, que também ganharam videoclipes. “High as Hope” está com data de lançamento marcada para dia 29 de junho, pelo selo Republic Records. O álbum mais recente lançado pela banda foi “How Big, How Blue, How Beautiful“, de 2015.


Death Cab for Cutie anuncia próximo álbum e revela novo single

A banda Death Cab for Cutie anunciou nesta quarta-feira, 13, seu próximo álbum de trabalho, “Thank You For Today“. O registro chegará as plataformas de streaming e lojas em 17 de agosto, pela Atlantic Records. A banda também compartilhou uma nova música do projeto chamada “Gold Rush“. Ainda foi revelada a tracklist completa do disco. O novo álbum será o sucessor de “Kintsugi“, lançado em março de 2015.

A banda virá ao Brasil em outubro deste ano para tocar no Popload Festival, que acontece no dia 15 de novembro no Memorial da América Latina, em São Paulo. Este será o primeiro show do grupo em solo brasileiro.



Thank You For Today

01. Dreamt We Spoke Again
02. Summer Years
03. Gold Rush
04. Your Hurricane
05. When We Drive
06. Autumn Love
07. Northern Lights
08. You Moved Away
09. Near/Far
10. 60 & Punk

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh